quinta-feira, 29 de outubro de 2009

O Primeiro Dinner em Paris


Oi gente, cheguei, com miiiiiiil coisas pra contar pra vocês!!! Nem sei por onde começar, Paris estava fervilhando com mil lançamentos de moda (pudera, fui logo depois da semana de moda parisiense e as vitrines das lojas estavam um show!) e com a gastronomia mais em alta que nunca. Olha gente, já fui à Paris uma pooorção de vezes mas confesso que nunca comi melhor do que nesta viagem, em que além da cidade-luz, fui passear também pelo interior da França, indo parar na rota dos vinhos de Bordeaux e nas Caves de Champagne na cidade de Reims. Uma loucura total!
Vou começar pelo primeiro dia:
Chegamos em Paris no início da noite e todo mundo estava cansado e com fome. Mas a primeira coisa que eu faço quando estou lá é correr pra Champs Elysées sabe? Pra se sentir de uma vez por todas em Paris! E uma vez por lá, resolvemos que era na própria avenida que iríamos comer. Aí vai uma dica importante: Diferente de várias outras cidades européias onde nas ruas mais movimentadas ficam os cafés pega-turista (um bom exemplo disso são os cafés das Ramblas de Barcelona-evite-os), em Paris não é assim. Os restaurantes da Champs Elysées são bons mesmo! O francês tem um orgulho sobrenatural da sua gastronomia (mais ou menos como a gente tem orgulho de nossa música)e nenhum café sobreviveria em uma das mais charmosas avenidas francesas se não fosse realmente bom. Uma das pessoas do nosso grupo meio que duvidou, mas aceitou minha sugestão e não se arrependeu. Escolhemos uma brasserie beeeeem francesa típica, a L'Alsace de Champs Elysée, esta brasserie também está em alguns outros pontos nobres de Paris e possui uma decoração bem exagerada, com toldos vermelhos e muito dourado com espelhos.Estava lotada e tivemos que esperar um pouco, mas no bar mesmo começamos os "trabalhos" já pedindo uma bouteille de champagne.
Depois que nos sentamos, pedimos como entradas uma sopa de cebola bem clássica da cozinha francesa,terrine de fois gras de canard e 12 deliciosas unidades de escargot e depois como prato principal praticamente todos pediram o mesmo: um magret de pato ao mel com gratin de batatas e figos que estava simplesmente divino.





Como sobremesa, eu pedi um creme brullé que estava delicioso mas confesso que fiquei com invejinha da minha amiga do lado que pediu um mix de várias sobremesinhas que continham um cremezinho brullé,um petit gateau, um profiterole gigante, um punhado de morangos e pasme,um bulezinho com calda de chocolate quente pra jogar aonde quisesse!



Tomamos alguns vinhos bons, mas a estrela da noite foi mesmo um gewurztraminer grand cru, o Lorentz, da região da Alsácia, de colheita tardia, perfeito para acompanhar os doces e para terminar este post:


De lá, ainda esticamos para a Plubicis Drugstore que é uma espécie de brasserie meets fashion meets gourmeteria, mas dela eu falo em um novo post mais para adiante...

Começamos bem,não?
Ah, a L'Alsace fica no número 39 da Champs Elysées.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget